Século XXI, Vol. 1, No 1 (2010)

Cooperação Sul-Sul, Diplomacia de Prestígio ou Imperialismo "soft"? As Relações Brasil-África do Governo Lula

Paulo Fagundes Visentini

Resumo


Durante o Governo Lula, a diplomacia brasileira conferiu um espaço privilegiado à África e as relações se tornaram intensas. Um visão coerente e uma perspectiva estratégica se tornaram a nova base das relações Brasil-África, as quais constituiram o foco principal da chamada Cooperação Sul-Sul. Para muitos, as relações com a África comprovam a dimensão solidária do programa social do PresidenteLula, enquanto outros a consideram apenas uma diplomacia de prestígio, uma perda de tempo e dinheiro. Finalmente, para alguns se trata apenas de uma diplomacia de negócios, um “imperialismo soft”, o qual seria diferente da presença chinesa na África apenas quanto a sua forma e intensidade. Neste sentido, o artigo discute o caráter das relações entre o Brasil e a África.

Texto Completo: PDF

ESPM - Biblioteca ESPM Sul - biblioteca-rs@espm.br  - Porto Alegre - RS