Século XXI, Vol. 5, No 1 (2014)

UMA ANÁLISE DA CONCEPÇÃO DE SEGURANÇA À LUZ DAS TEORIAS REALISTAS E LIBERAIS DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS

Aline Chianca Dantas

Resumo


Este trabalho busca analisar a concepção de segurança dentro das Relações Internacionais, através das Teorias Realistas e Liberais, levando em consideração seus principais expoentes, com intuito de discutir o limiar entre ambas as correntes supracitadas. Nesse sentido, inicialmente é feito um breve debate sobre o conceito de segurança, objetivando introduzir a discussão teórica em torno do vocábulo. Em seguida, são estudadas as formas de interpretação das Teorias Realistas das Relações Internacionais da concepção de segurança, desde o realismo clássico até chegar ao realismo neoclássico. Em outro momento, observa-se a percepção de segurança para as Teorias Liberais das Relações Internacionais, do liberalismo kantiano ao neoinstitucionalismo liberal. Por fim, é feita uma breve abordagem comparativa entre as concepções de segurança liberais e realistas, com finalidade de demonstrar as diferenças, mas, principalmente, as aproximações entre as duas correntes teóricas, enquanto instrumentos de análise das Relações Internacionais.

Texto Completo: PDF

ESPM - Biblioteca ESPM Sul - biblioteca-rs@espm.br  - Porto Alegre - RS